Assessoria Jurídica do APUBH analisa a proposta do programa Future-se

Documento foi apresentado na última AGE do APUBH

Na Assembleia Geral Extraordinária do APUBH, do dia 7 de agosto, a Assessoria Jurídica do Sindicato apresentou uma análise sobre o Programa “Future-se”.Na ocasião, a advogada Sarah Campos elencou os principais pontos do texto do projeto.Segundo ela, o “Future-se” traz efeitos negativos para as universidades públicas, principalmente sobre a gestão e financiamento das instituições, o ensino e produção de conhecimento e a autonomia universitária.

Na avaliação da advogada, o conjunto de mudanças proposto no projeto é reflexo de uma “mudança de paradigma em curso”. “Deixa-se de pensar uma universidade pública, que tem finalidades e projetos educacionais muito bem descritos, para se estabelecer uma universidade em um sistema de financiamento privado atrelada às condicionantes do mercado”, definiu a assessora do sindicato.

Clique aqui para acessar a análise sobre o programa “Future-se”, elaborada pela advogada Sarah Campos, assessora jurídica do APUBH.

APUBH – Análise sobre o Future-se