Acontece na APUBH

MP 914: orientações dos três setores da UFMG

MP 914: NÃO! Em defesa da democracia e da autonomia nas universidades

O governo Bolsonaro termina o ano com mais uma agressão às universidades e institutos federais. Depois de um ano de ataques à Constituição Federal, aumento da pobreza e da violência, agora o governo elaborou a Medida Provisória 914/2019 que significa o fim da democracia nas instituições federais.  A medida legitima Bolsonaro na indicação de reitores, diretores de unidades e de campi, mesmo que os menos votados pela comunidade acadêmica.

Além das indicações, a MP na prática desconfigura o Conselho Universitário, pois tira dele a autonomia de ratificar a eleição da comunidade universitária.

Para contrapor a Medida Provisória, o SINDIFES, APUBH UFMG+ e DCE-UFMG orientam:

1. Participar da Consulta Pública do Senado e votar contra o projeto. Clique no link para acessar: https://www12.senado.leg.br/ecidadania/visualizacaomateria?id=140379&voto=contra&fbclid=IwAR0HQFPMLjvDi0vc8WzTRxqzyIiMYdBtE6bUTAuz7sidimzlIjFprWdFaE8

2. Assinar o abaixo assinado que rejeita a MP 914/2019. Clique no link para acessar http://chng.it/9wXX6Yy8

3. Iniciar as mobilizações nas unidades para o início do ano, para que logo seja possível construirmos um ato de resistência.

Em 2019, mostramos nossa força. Colocamos milhares de pessoas nas ruas em defesa da educação, construímos uma rede parlamentar e de movimentos sociais de apoio e confiamos na capacidade de luta de estudantes, técnicos-administrativos e professores. É preciso seguirmos, firmes, na afirmação da relevância da educação pública, gratuita e inclusiva.

O ano de 2020 será decisivo e nós estaremos JUNTOS no combate aos inimigos da educação, da ciência, do conhecimento, da cultura e das artes, solidários na defesa dos direitos sociais e políticos da população brasileira.