Acontece na APUBH

12 de novembro –  42 anos de luta do APUBH em defesa da universidade pública e da carreira docente

No dia 12 de novembro de 1977, foi criada a Associação dos Professores de Universidades de Belo Horizonte (APUBH) que, inicialmente, reunia professores da UFMG e da Pontifícia Universidade Católica. Naquela época, em plena ditadura, éramos impedidos de criar um sindicato. Essa realidade mudou com a Constituição Federal de 1988 e, posteriormente, o APUBH foi registrado no Ministério do Trabalho e do Emprego sob o nome de Sindicato de Professores das Universidades Federais de Belo Horizonte, Montes Claros e Ouro Branco. Em BH em Montes Claros, o APUBH representa docentes da UFMG. Em Ouro Branco, temos associados de um campus avançado da UFSJ.

Se valendo do APUBH como seu principal instrumento de luta, ao longo destes últimos 42 anos, os professores e as professoras que constituem a base do sindicato se mobilizaram em defesa dos direitos da categoria e colaboraram ativamente na construção da universidade pública, gratuita, de qualidade e inclusiva, bem como lutaram por um país mais justo e democrático.

Ao longo de sua história, o APUBH se tornou uma referência de luta e passou a ser reconhecido, nacionalmente, como ator importante nos espaços da política sindical, social e institucional. Nosso sindicato também se constituiu em espaço de solidariedade, sociabilidade, troca de saberes e afetos, bem como uma expressão do desejo de liberdade e um instrumento para a construção de uma sociedade digna em luta por um mundo melhor!

Neste dia festivo, apresentamos o nosso agradecimento a todos e a todas que fizeram parte de nossa história e que contribuíram para que o APUBH seja um sindicato forte, combativo, representativo e democrático, sempre presente na defesa incondicional dos direitos da categoria docente, assim como da ciência e do conhecimento.

 

Sindicato dos Professores de Universidades Federais de Belo Horizonte, Montes Claros e Ouro Branco – APUBH