Universidades Federais ajustam atividades devido à paralisação dos caminhoneiros

Até o momento, 36 instituições federais de ensino alteraram rotina de funcionamento.

As atividades de algumas universidades federais estão sendo suspensas, integral ou parcialmente, em função da diminuição ou ausência das linhas de ônibus que dão acesso aos _campi_, resultado da falta de combustível causada pela paralisação dos caminhoneiros. É o caso da UFSJ, UFRPE, UFPE, UFJF, UFRRJ, UFCSPA, FURG, UFES, UFFS, Unipampa, UTFPR, UFPR, UFLA, UFVJM, UFMG, UFGD, Unifei, UFBA, UFSM, UFPel, UFU, Unifei, Unila, UFF, UFRB, UFMT, UFTM, CEFET-MG, CEFET-RJ, UFV, Unifesp, UFMS e UFOP.

Na UFRGS, além da suspensão do expediente, o concurso para docentes, que seria no sábado (26), foi adiado para data ainda não divulgada, assim como na UFSB, que estava com concurso programado para domingo.

Já na UFRJ e UFPB foi pedido aos professores que as provas dessa sexta-feira sejam reagendadas e as faltas abonadas.

É importante destacar que os docentes têm autonomia para administrarem suas atividades acadêmicas, bem como a reposição de aulas e a realização de atividades à distância.

(Atualizado em 28/05, às 11h52, com informações das Assessorias de Comunicação das universidades)

 

Fonte: Andifes

 

post anterior próximo post Voltar para listagem