Nota de alerta - Golpe contra os servidores que possuem ações na justiça

Apubh alerta aos afiliados sobre ligações recebidas por supostos advogados.

A APUBH, através de sua diretoria e assessoria jurídica, novamente alerta aos filiados sobre as ligações telefônicas recebidas por esses de pessoas que se identificam como advogados e que noticiam a existência de supostos créditos judiciais a serem pagos.

Os mesmos advogados anunciam ainda que para receberem seus créditos o servidor deve realizar um depósito prévio de valores, seja à título de custas, honorários ou outro fim, em contas que são informadas por telefone.

Contudo, tais condutas tratam-se de golpes, uma vez que:

o pagamento de créditos judiciais é noticiado no próprio processo em que é parte o servidor, através de comunicado do Tribunal ao Juiz;
o pagamento em geral é feito através de ordens judiciais de pagamento denominados precatórios ou requisições de pequeno valor disponibilizados no Banco do Brasil ou na Caixa Econômica Federal;
somente os advogados que atuam no processo judicial, no caso da APUBH os que integram a sua assessoria jurídica, ou o próprio servidor é que têm acesso aos créditos judiciais;
para receber créditos judiciais não se exige qualquer depósito prévio, até mesmo porque os honorários advocatícios poderão ser deduzidos por ocasião do pagamento ou serão acertados pelo próprio servidor diretamente com a sociedade de advogados que patrocina o processo;
na hipótese de acerto de honorários pelo próprio servidor através de depósito em conta, os advogados que integram a assessoria jurídica da APUBH somente exigem o pagamento após o recebimento do crédito pelo servidor e nunca antecipadamente.

Portanto, ao receber uma ligação telefônica nos moldes anunciados aconselha-se que o filiado não faça qualquer depósito ou pagamento e se achar necessário entre em contato com a APUBH ou com sua assessoria jurídica através dos telefones: 3441-7211 e 3291-9988.

Por fim, informamos os nomes dos advogados que integram a assessoria jurídica da APUBH: Geraldo Marcos Leite de Almeida, Ítalo Souza Nicoliello, Flávia da Cunha Pinto Mesquita, Giovana Camargos Meireles, Eduardo Junqueira Pereira Viotti, Ester Inez da Costa Gomes, Marcela Mota Rezende e Raquel Andrade Chaves.

post anterior próximo post Voltar para listagem